Point das Máquinas 2011

Autódromo reabre espaço para motociclismo do DF

Após muita luta, esforço e determinação, o maior encontro motociclístico semanal do Centro-Oeste, Point das Máquinas, está de volta no Paddock do Autódromo Internacional Nelson Piquet de Brasília. A abertura oficial será na próxima terça-feira, 03 de maio, a partir das 18h, com o show da banda “Língua Preta”. A entrada é franca e os encontros acontecerão semanalmente, regados à muito rock, gente bonita e irreverência.

No passado (2002), o Point das Máquinas já teve como sede de seus encontros o Autódromo Nelson Piquet. Questões administrativas obrigaram os motociclistas a saírem de lá, mas a esperança e a vontade de lutar pelo espaço permaneceu. Hoje, com o apoio do GDF, esse sonho se realizou. O encontro motociclístico está de volta ao autódromo com toda estrutura necessária para garantir o sucesso e segurança do evento.

“Segundo o presidente da Federação de Motoclubes, Jornalista e Empresário de Comunicação e Eventos Roberto Sávio, ou Betinho como é conhecido no meio, o motociclismo de Brasília sonhava com este dia. “O lugar das máquinas é no autódromo e não nos shopping e bares da cidade. Se temos um espaço público e pagamos impostos, por quê não podemos desfrutar desta estrutura. Estamos cansados da exploração comercial. O motociclismo, e os clubes dos carros são sempre chamados a realizar encontros nesses locais comerciais e quando não mais convêm aos empresários são descartados. Agora com o Autódromo a nossa disposição a história será outra. Teremos a oportunidade de nos reunir e, além de botar o papo em dia, discutir assuntos importantes como o do trânsito. Através da nossa Federação de Motoclubes pretendemos interagir com os órgãos de Governo e com a sociedade civil para encontrarmos formas de evitar tanta violência no trânsito”, comenta Betinho que se prepara para realizar seminários e woorkshops no Autódromo.

A ideia de se formar grupos de motociclistas, surgiu nos anos 70, época em que ainda não era obrigatório o uso de capacetes. A sede pela liberdade despertou nos pilotos a vontade de promover encontros e se reunirem  freqüentemente para trocar informações sobre as motos e fazerem novas amizades, com isso, vários pontos de encontro foram surgindo, entre eles: Gilberto Salomão, Terraço Shopping, Flamingo, Flórida Mall,  e o estacionamento do Nislson Nelson.

Atualmente existem no DF, aproximadamente 160 mil motociclistas, segundo informações do Detran. Esse número, explica a grande quantidade de acidentes que acontecem diariamente nas ruas do DF.  Além da diversão, o encontro tem como objetivo debater e alertar sobre a segurança do trânsito e a prevenção de acidentes. Profissionais de diversas áreas estão empenhados para garantir segurança, conforto e diversão aos participantes. União é a palavra-chave para definir este encontro.

E para quem quer ocupar suas noites de terça-feira com música boa e descontração, não perca os encontros do Point das Máquinas. Para os apreciadores, várias motos de diversos modelos e preços que variam de R$ 10 a 150 mil, se misturam com carros antigos e jeeps em um evento que irá ficar para a história e marcará o retorno ao lugar de onde nunca deveria ter saído.

Contato: Betinho – 99639756